26/07/2017

Visualizando #22

GoT, Boy Band e Ney Vai Fazer Falta

25/07/2017

Apresentação de Colaboradora

Olá!! Eu sou a Rita Mendes, sou irmã da Jessica e decidi que queria escrever no blog dela e ela como irmã mais velha exemplar, deixou… Sou Slytherin; com o azar que tenho provavelmente seria selecionada como tributo; e nunca encontraria o armário para Nárnia. Sou louca pela disney, como Moana é pela água; partilho aquela rebeldia preguiçosa da Alex Russo;  sou gémeos, de maneira que me identifico com as duas caras da Hannah Montana; tenho uma família enorme, somos quase uns Diaz na vida real; adoro animais, o que me aproxima da Lilo; amo a Belle e os seus livros. Não esqueço as vilãs destas histórias, por vezes conseguem ser melhor que os protagonistas.  Esta sou eu traduzida num bocadinho de cada personagem que amo.
Instagram@ritamendes1904
Bookstagram: @_inspiredbybelle_
Facebook: Rita Mendes

22/07/2017

"A Cada Dia", David Levithan

Sinopse: A cada dia um novo corpo. A cada dia uma nova vida. A cada dia o mesmo amor pela mesma rapariga. A cada dia, A acorda no corpo de uma pessoa diferente. Nunca sabe quem será nem onde estará. A já se conformou com a sua sorte e criou regras para a sua vida: Nunca se apegar muito. Evitar ser notado. Não interferir. Tudo corre bem até que A acorda no corpo de Justin e conhece Rhiannon, a namorada de Justin. A partir desse momento, as regras da vida de A não mais se aplicam. Porque, finalmente, A encontrou alguém com quem quer estar a cada dia, todos os dias.




Livro: A Cada Dia
Autor: David Levithan
Editora: Topseller
Nº de páginas: 288
Série: Every Day
Nº  de Série: 1

Ontem, terminei o livro A Cada Dia de David Levithan, uma leitura que partilhei com a Rita (House Full of Books). É sempre ótimo partilhar teorias com ela, obrigada pela paciência, RitOra. Mais destas virão, estou certa. 
A ideia base deste livro é super original, embora alguns pontos não sejam totalmente explicados, deixando alguma confusão em certas partes. Por exemplo: Como é que ele sabe quando é que faz ano? Se ele consegue aceder a tudo menos aos sentimentos, como é que ele não sabe falar a língua da pessoa em questão? Como é que ele aprendeu a falar ou a andar, se cada bebé tem o seu próprio ritmo de crescimento? Ou seja, há várias perguntas que ficaram por responder, mas no geral é uma ideia muito original e que implica alguma reflexão por parte do leitor. No geral, excedeu as minhas expectativas, fez-me pensar várias vezes e deixou-me com curiosidade para ler os outros dois livros.


Dei 4 estrelas! Eis, os destaques:
* Houve certas personagens que adorei conhecer como a rapariga transexual, o rapaz que foi ao funeral do avô e a rapariga que estava a pensar cometer suicídio. Histórias tão diferentes e todas cativantes à sua maneira;
* Gostei do final. Não estava a perceber como é que o autor iria resolver a situação, mas acho que escolheu o caminho certo;
* Se fosse ele, teria procurado um padrão pelos corpos em que passava, de maneira a ter uma pequena noção sobre o amanhã;
* Não percebi como é que ele conseguia ser tão cético sobre todas as religiões, se ele próprio era um ser sem explicação.

12/07/2017

"Ponto Sem Retorno", Gabriela Simões

Sinopse: Giselle Levy é meio-bruxa e vive isolada do mundo o o seu avô, escondida do olhar do rei. (...) numa tentativa de sobreviver, foi apanhada e chantageada por um dos príncipes de Kendrad, Cristian, que promete não a entregar, se ela for trabalhar para o palácio. (...) onde terá de lidar com as constantes tentativas de sedução do príncipe Cristian, os misteriosos olhares de príncipe  Eli, os encontros escondidos com o seu melhor e único amigo, Rylan, e uma rei desumano com segredos obscuros.




Livro: Ponto Sem Retorno
Autor: Gabriela Simões
Editora: Edições Vieira da Silva
Nº de páginas: 238
Série: Giselle
Nº de série: 1

Por norma uma obra de fantasia é sinónimo de uma leitura mais pesada, no sentido em que implica explorar um mundo diferente, criado pelo autor. Neste sentido, o termo "leitura leve" está mais associado à literatura contemporânea, tanto jovem adulta como a famosa "chick lit". Contudo, esta obra surpreendeu-me ao ajustar-se neste tipo de literatura mais leve e rápida, que exclui a necessidade de uma concentração extrema. Dito isto, acho que é uma bom livro para quem procura este tipo de literatura mais ligeira e momentânea, o modelo adequado para uma tarde de verão na piscina ou uma manhã de inverno chuvosa. 
No entanto, o livro tem alguns problemas impossíveis de ignorar. Grande parte da história é construída seguindo clichés ou aspetos presentes noutras obras conhecidas dentro do género. A título de exemplo, Giselle caça para sobreviver e partilha estes momentos difíceis com o melhor amigo, que cuida da sua respetiva família (Jogos da Fome), acaba a viver no palácio real (A Seleção) ou a revelação final (a mesma que em A Cidade dos Ossos). Adicionalmente, o final, apesar de em parte ter sido imprevisível (o atributo inesperado de Eli e o feitiço relativo ao avô), surge de forma forçada e conveniente.


Ainda assim, para mim o maior problema tem a ver com a construção dos diálogos, estes não surgem como genuínos mas sim como fabricações ilegítimas, retirando credibilidade às personagens. Outra questão é a dificuldade em respeitar a regra "Show, don't tell". Consequentemente, o leitor não consegue explorar o mundo por si, sendo constantemente bloqueado por descrições que dizem em vez de mostrarem. Por fim, a nossa protagonista sofre drásticas mudanças de humor devido aos seus poderes (neste mundo, é um dos efeitos secundários da magia), esta constante indignação e nervosismo com todos à sua volta, na maioria das vezes, soava mais a birra do que a mudança de humor, tornando a personagem um pouco irritante. 
Finalmente, não posso deixar de mencionar que fiz esta leitura em conjunto com duas meninas super queridas, que conheci no Bookstagram: a Mariana (Banal Girl) e a Marta (The Book Mermaid). Obrigada, meninas, adorei esta partilha de reflexões, espero vir a fazer mais "buddy reads" com vocês. 

06/06/2017

Cinema Brasileiro

O Brasil recentemente tem apostado muito no cinema nacional, infelizmente raras são as vezes que estas películas chegam às salas de cinema portugueses. Este mês por exemplo vão estrear dois filmes cujos trailers me deixaram muito curiosa. O primeiro é AMOR.COM para além de explorar o fenómeno das blogueiras de moda muito em voga no Brasil, é protagonizado pela fofa Ísis Valverde. O segundo Meus 15 Anos faz lembrar um daqueles filmes antigos da Disney com a Selena Gomez ou a Hilary Duff.

05/06/2017

Respeita as Mina (Ligações Tranquilas #25)


A nova música de Kell Smith, Respeita as Mina, faz-me lembrar a série da Netflix Girlboss. A parte inicial que toca na temática da moda, tema central da série ("Short, esmalte, saia, mini blusa, / Brinco, bota de camurça, e o batom? Tá combinando!"). A descrição de uma personalidade que tem muito a ver com Sophia ("Uma deusa, louca, feiticeira, alma de guerreira / Sabe que sabe e já chega sambando"). Para além disso, toda a música têm uma vice de confiança e, ao mesmo tempo, de despreocupação, equivalente à descrição de Sophia ("Não faço pra buscar aprovação alheia / Se fosse pra te agradar a coisa tava feia"). A série Girlboss é mais um grande trabalho da Netflix, não consegui parar de assistir até terminar a temporada, e acho que no fundo a mensagem é a mesma que a da música: "Deixem nossas meninas serem super heroínas!".

07/10/2015

Visualizando #21

BuzzFeed, Samika e Boyce Avenue:

06/10/2015

Novas Aquisições #26

Os três primeiros títulos - Isla and the Happily Ever After, Stephanie Perkins; It's Not Summer Without You, Jenny Han; Fangirl, Rainbow Rowell - foram adquiridos ainda no mês de agosto, tendo sido encomendados no bookdepository. E a última obra, A Caverna, de José Saramago, comprei durante a minha visita à Fundação José Saramago, no mês de Setembro.

05/10/2015

Atualização e Final (Copa das Séries 2)

Eis o final de mais uma Copa das Séries com um resultado surpreendente. Durante todo o percurso as melhores pontuações centraram-se sempre em Madam Secretary (B2) e Scorpion (B1), no entanto com a evolução das respetivas histórias Friends (C2) ganhou alguma vantagem em relação às anteriores, levando a vitória na final contra Madam Secretary (B2)

Séries | Resultado:
C2: Friends - 1º
B2: Madam Secretary - 2º
B1: Scorpion - 3º
D2: Suits - 3º
D1: Rizzoli & Isles - 5º
E1: Orange is the New Black - 5º
X3: Orphan Black - 5º
X4: Hart of Dixie - 5º
A1: Brothers and Sisters - 9º
A2: Dawson's Creek - 9º
C1: The 100 - 9º
E2: Haven - 9º
F1: Jane the Virgin - 9º
F2: The Flash - 9º
X1: House - 9º
X2: Unbreakable Kimmy Schimidt - 9º

04/10/2015

Leituras de Agosto de 2015

02.08.2015 | Fables 2: Animal Farm, Bill Willingham
06.08.2015 | O Teorema de Katherine, John Green
10.08.2015 | Que Farei Com Este Livro?, José Saramgo
14.08.2015 | One Piece 3: Don't Get Fooled Again, Eiichiro Oda
16.08.2015 | Harry Potter e a Ordem da Fénix, J. K. Rowling
21.08.2015 | The Distance Between Us, Kasie West
23.08.2015 | Saga 1, Brian K. Vaughan
24.08.2015 | Cinder, Marissa Meyer
26.08.2014 | Isla and the Happily Ever After, Stephanie Perkins
29.08.2014 | The Finest Story in the World, Rudyard Kipling

27/08/2015

Oitavos de Final (Copa das Séries 2)

Cheguei finalmente aos oitavos de final desta segunda edição da Copa das Séries, esta fase é composta por 16 séries, visto que passaram as duas melhores de cada grupo e as quatro melhores pontuações das restantes.

Séries que passaram | Pontuação Total:
A1: Brothers and Sisters | 13,04
A2: Dawson's Creek | 12,61
B1: Scorpion | 15,00
B2: Madam Secretary | 14,97
C1: The 100 | 14,45
C2: Friends | 14,25
D1: Rizzoli & Isles | 13,57
D2: Suits | 13,35
E1: Orange is the new Black | 13,37
E2: Haven | 13,32
F1: Jane the Virgin | 13,69
F2: The Flash | 13,59
X1: House | 14,20
X2: Unbreakable Kimmy Schimidt | 13,70
X3: Orphan Black | 13,38
X4: Hard of Dixie | 13,27

26/08/2015

A to Z - Filmes (#13: Meryl Streep)

M de Meryl Streep. A liderar este top 5 encontra-se um dos meus musicais preferidos, Into The Woods, um filme irresistível com personagens hilariantes e com um enredo incrivelmente vivo e perspicaz.  Seguidamente, The Devil Wears Prada, que se destaca pela veracidade e magnetismo das suas personagens, também referido no A to Z de Anne Hathaway, e The Giver, uma adaptação brilhante da obra de Lois Lowry. Por fim, August: Osage County, um drama surpreendente que conta com a presença de um respeitável elenco, e Mamma Mia!, um musical intemporal que passa por diversas gerações deixando sempre a sua encantadora "marca".
*Fonte*

25/08/2015

Red Light (Musicando #20)

1. You Belong To Me, Bryan Adams
2. Big Girls Don't Cry, Fergie
3. Superman, Jordan Sheath
4. Fight Song, Rachel Platten
5. Roads, Lawson
6. Crash and Burn, Thomas Rhett
7. Your Biggest Fan, Jonas Brothers
8. Unsteady, X Ambassadors
9. Drag Me Down, One Direction

24/08/2015

Fase de Grupos: ronda 3 (Copa das Séries 2)

Grupo A:
Brothers and Sisters (3.01) - 4.38 | 16º
Dawson's Creek (2.02) - 4.24 | 17º
Star Crossed (1.08) - 4.29 | 18º
Breaking Bad (1.07) - 3.67 | 23º

Grupo B:
Scorpion (1.14) - 5.00 | 1º
Madam Secretary (1.15) - 4.97 | 2º
House (1.17) - 4.80 | 5º
Parks and Recreation (1.03) - 4.24 | 21º

Grupo C:
The 100 (1.09) - 4.88 | 3º
Friends (9.22) - 4.69 | 4º
Unbreakable Kimmy Schimidt (1.03) - 4.57 | 6º
Orphan Black (1.07) - 4.74 | 10º

Grupo D:
Rizzoli & Isles (5.02) - 4.25 | 9º
Suits (1.02) - 4.36 | 12º
Hart of Dixie (4.07) - 4.31 | 14º
The Night Shift (1.02) - 4.10 | 17º


Grupo E:
Orange is the New Black (1.05) - 4.57 | 11º
Haven (1.06) - 4.72 | 13º
Marry Me (1.02) - 3.61 | 22º
Bates Motel (2.01) - --- | 24º

Grupo F:
Jane the Virgin (1.02) - 4.73 | 7º
The Flash (1.02) - 4.77 | 8º
The O. C. (1.08) - 4.32 | 15º
The Secret Life of an American Teenager (1.06) - 4.06 | 20º

23/08/2015

Citações de Situação #16

*Fonte*
"Os seus pensamentos não conseguiam encontrar palavras novas e puras que nunca tivessem sido amarrotadas e vincadas que nunca tivessem perdido o aspeto de roupas engomadas devido ao uso que outros lhe haviam dado."
Contos de Virginia Woolf, Virginia Woolf

22/08/2015

The Ice Cream Award

As regras do desafio são:
- Colocar o selo do desafio no post;
- Responder a todas as perguntas;
- Nomear 5 a 15 blogs para passar o desafio.








1. Qual é o teu gelado favorito?
O meu gelado favorito é o Negriton, que volta e meia, acho que em anos de mundial, aparece em Portugal um parecido com o nome de Choc'n'Ball, mas que em Espanha há todos os anos.
2. Quais os seus principais ingredientes? 
Natas, chocolate e bolacha (acho eu).
3. Deixa aqui uma foto dele.
4. Qual o gelado que menos gostas e porquê?
Qualquer um com muito chocolate, pois enjoo facilmente ao chocolate.
5. Magnum ou Cornetto?
Depende, por isso a minha resposta é ambos.
6. Magnum Pink ou Magnum Black?
Nunca provei nenhum, mas acho gostaria mais do Pink.
7. Dos Cornetto básicos, qual é o teu favorito: Morango, Limão, Nata ou Chocolate?
Fácil, o de Nata.
8. Dos Calipto, qual é o teu favorito: Limão, Morango, Coca-Cola ou Laranja?
Limão ou Coca-Cola.
9. Qual é o gelado do McDonald's que mais gostas e porquê?
O McFlurry de Kit Kat porque é simplesmente delicioso.
10. Deixa uma imagem dele.
Nomeio os seguintes blogs:
P.S.: Obrigada ao blog Momentos e Desabafos por me indicar no desafio. :D 

21/08/2015

Ligações Tranquilas #24

O constante sofrimento durante a primeira parte da obra - O Teorema Katherine, John Green - da personagem Colin lembrou-me a música Let Your Love Walk In, da cantora Paloma Faith. O desespero e a dor retratados nesta última encontram-se em perfeita harmonia com os sentimentos transmitidos pela personagem principal do livro referido. Ainda assim a esperança não foi colocada de lado em nenhum dos casos, como comprovam simultaneamente o final da história de Colin e o refrão da música de Faith.

20/08/2015

A to Z - Filmes (#12: Leslie Mann)

L de Leslie Mann. A minha primeira opção foi Leonardo DiCaprio mas a verdade é que eu ainda não vi muitos filmes do ator, de maneira que a minha segunda opção foi Leslie Mann. Em primeiro lugar neste top 5, Mr. Peabody & Sherman, um dos meus filmes de animação preferidos, que já havia sido mencionado num outro post. Em seguida, The Other Woman, uma cativante comédia romântica que assisti à pouco tempo e que adorei especialmente a personagem de Leslie, e Rio, outro filme de animação incrivelmente apaixonante com um dinâmico e criativo enredo. Por fim, The Change-Up, com personagens e situações hilariantes, e The Bling Ring, um drama verídico emocionante que prende o espectador ao ecrã desde a primeira cena.
*Fonte*

19/08/2015

Visualizando #20

Cantar, beber e dançar:

18/08/2015

Novas Aquisições #25


A minha irmã gosta bastante da série Percy Jackson e, apesar de eu ainda não o ter lido, eu tenho o primeiro livro, de maneira que, devido à minha evidente falta de interesse, esta me pediu para fazermos uma troca de livros, como já tinha acontecido anteriormente. No entanto, os livros da estante dela que me interessavam ela não queria trocar, por isso quando O Mar Infinito, de Rick Yancey -o segundo livro de A 5ª Vaga- saiu em Portugal ela propôs comprar-mo em troca do primeiro volume da série Percy Jackson. Quanto à segunda obra, Throne of Glass, de Sarah J. Maas, presente na Wishlist de Junho deste ano, foi encomendada no início do mês no bookdepository e foi a primeira a chegar dessa encomenda.